Oficinas Interculturais Rede Escolas AcademiaCV.pt

Oficinas Interculturais
Oficinas Interculturais Rede Escolas AcademiaCV.pt

A primeira fase das oficinas interculturais do projeto Rede Escolas AcademiaCV.pt decorreu durante os meses de março e abril, no agrupamento de escolas Marquesa de Alorna. Quer saber mais sobre estas oficinas? Continue a ler, a Elodie Monteiro, que dinamizou as oficinas interculturais, traz-nos todas as novidades e também a sua reflexão sobre o tema!

O contexto – o projeto Rede Escolas AcademiaCV.pt

O projeto Rede Escolas Academia CV.pt tem o objetivo de contribuir para a integração dos alunos migrantes do agrupamento de escolas Marquesa de Alorna. Para tal, são desenvolvidas tutorias individualizadas com os alunos, entre outras atividades. Para além do apoio aos alunos migrantes, o projeto tem também por objetivo sensibilizar toda a comunidade escolar envolvente para as questões da interculturalidade. É com esse objetivo que são desenvolvidas as oficinas interculturais.

Oficinas Interculturais

Nesta primeira fase, foram realizadas 30 oficinas interculturais em 3 escolas (Escola Básica Mestre Querubim Lapa, Escola Básica Mestre Arnaldo Louro de Almeida e Escola Básica São Sebastião da Pedreira). Beneficiaram destas oficinas 30 turmas, 30 professores e educadores e 632 alunos!

“Aprendi a não gozar com a língua dos outros por serem diferentes”

Testemunho de aluno sobre as oficinas interculturais REACV.pt

 

As atividades realizadas nas oficinas interculturais

As oficinas interculturais foram planeadas com base no nível escolar, conhecimentos, capacidade de aprendizagem e envolvimento dos alunos. Sendo assim, foram criados 3 planos de sessão: 

  • Jardim de infância,
  • 1º e 2º ano,
  • 3º e 4º ano.

A metodologia das oficinas para a interculturalidade centrou-se na dinamização de contos que têm como tema a interculturalidade, a aceitação, a adaptação, como “Meninos de todas as cores”, “Na minha escola cabe o mundo” e “Elmer, o elefante xadrez”

Oficinas Interculturais

 

A leitura do conto foi seguida de um momento de reflexão sobre o mesmo e de atividades relacionadas. Estes foram alguns dos exercícios desenvolvidos:

 

  • Os alunos observaram um mapa-mundo em branco, onde assinalaram alguns continentes e também o seu país de origem. A partir daí pensaram em conjunto: como são as crianças de cada um desses países? Que diferenças têm e o que têm em comum? Podem ser amig@s, apesar das suas diferenças?

 

  • Um reflexão sobre os Direitos Humanos: todas as crianças do mundo dormem com o mesmo conforto e têm o mesmo acesso à escola? Os Direitos Humanos ficam em risco em contexto de guerra? Como se chamam as pessoas que têm de fugir do seu país porque a sua vida está em perigo?

 

  • Após conhecermos Elmer, um elefante diferente de todos os outros, descobrimos que ser diferente pode ser bom para nós e para tod@s! Celebramos essa diferença, colorindo o Elmer de todas as cores!

Oficinas Interculturais

Nas oficinas interculturais participaram também 3 tutores do REACV.pt no Agrupamento de Escolas Marquesa de Alorna, tendo como papel o apoio na realização da oficina e dinamização de alguns momentos.

“Aprendi as culturas, os hábitos e as diferenças e acho que valeu a pena porque aprendi como as pessoas são diferentes”

Testemunho de aluno sobre as oficinas interculturais REACV.pt

 

Avaliação das oficinas interculturais

A avaliação dos professores e educadores foi realizada de forma quantitativa e qualitativa. Avaliou-se de 1 a 5 os seguintes critérios: 

  • grau de satisfação
  • metodologia pedagógica
  • qualidade dos recursos pedagógicos
  • promoção do conhecimento 
  • reflexão sobre o tema. 

Os professores e educadores avaliaram as oficinas interculturais com uma média de 5/5. 

Os pontos fortes enunciados pelos professores e educadores foram a importância da temática, a relação da equipa com os alunos, a empatia e a exploração do tema. E nos pontos de melhora? Que aconteçam mais oficinas destas!

Já a avaliação dos alunos foi quantitativa para o Jardim de infância, 1º e 2º ano e qualitativa para o 3º e 4º ano.

Num universo de 405 alunos (jardim de infância, 1º e 2º ano) 321 avaliaram com “gostei muito”, 22 “gostei em parte” e 4 “não gostei”. 

Num universo de 227 alunos (3º e 4º ano) 225 avaliaram positivamente a oficina e 2 negativamente.

Oficinas Interculturais

Quer saber mais sobre a avaliação que a comunidade educativa faz da metodologia AcademiaCV.pt? Veja aqui a avaliação 2021 do projeto!

“Não importa de que país és, podes continuar a ser feliz!”

Testemunho de aluno sobre as oficinas interculturais REACV.pt

 

Reflexões finais sobre as oficinas interculturais

Trazer para a realidade escolar temáticas como a interculturalidade é fundamental no dia de hoje. Os professores e educadores do Agrupamento de Escolas Marquesa de Alorna confirmaram-no e salientaram como é fundamental incitar os alunos a pensar sobre isso o quanto antes e realizar dinâmicas como as oficinas interculturais. 

Cada vez mais as escolas são o espelho de uma sociedade intercultural e devemos ter consciência da diversidade existente entre as culturas, e como as respeitar e aceitar nas suas diferenças. 

É, então, responsabilidade de todos os educadores a promoção da discussão sobre esta temática no contexto escolar e a desmistificação dos preconceitos e estereótipos associados às diferentes culturas.

Oficinas Interculturais

Também os alunos salientaram o quão importante foi para eles conhecer melhor a cultura dos seus colegas, perceber as diferenças existentes, e como podemos ser todos diferentes, mas iguais. 

Oficinas, atividades, debates deste género promovem o conhecimento de uma realidade diferente da nossa, uma melhor comunicação e empatia. Permite-nos fazer o caminho para um “eu” melhor e uma sociedade mais justa.

Gostaria de dinamizar uma oficina intercultural com os seus alunos? Temos um recurso didático que o poderá ajudar, clique no botão abaixo!

NEWSLETTER

Se estás interessado em saber tudo sobre a Academia CV e receber mensualmente as nossas notícias, podes subscrever a nossa newsletter.