[Dezembro 2020] Procuramos Mediador/a Intercultural para integrar o projeto Academia CV.pt – Boas Práticas

[Dezembro 2020] Procuramos Mediador/a Intercultural para integrar o projeto Academia CV.pt – Boas Práticas

– Termos de Referência-

Contexto

O Projeto “Academia CV.pt – Boas Práticas” surge no quadro de uma parceria entre a Fundação Cidade Lisboa e a Associação Renovar a Mouraria, e pretende responder ao problema de falta de soluções socioeducativas para a integração das crianças migrantes inseridas no sistema de ensino – com especial enfoque ao nível das dificuldades de comunicação em português – e consequentes impactos ao nível dos resultados escolares e desenvolvimento pessoal e social, que são fatores de exclusão e vulnerabilidade.

Assim sendo, esta Ação tem como Objetivo Geral contribuir para o desenvolvimento socioeducativo e para a integração das crianças migrantes em situação de vulnerabilidade, das escolas do concelho de Lisboa; e apresenta como Objetivos Específicos: 1) Capacitar as comunidade educativas para o apoio à integração e desenvolvimento socioeducativo dos alunos migrantes; 2) Aumentar a motivação e o sucesso académico dos alunos migrantes, melhorando a capacidade de comunicação em português e o desenvolvimento pessoal e social e; 3) Sensibilizar (alunos, voluntários e comunidade) para as questões da interculturalidade e da cidadania global estimulando o exercício de uma cidadania ativa.

De forma a atingir os objetivos propostos, o Projeto apresenta as seguintes Atividades: 1) Elaborar um KIT pedagógico para a integração de alunos migrantes, com validação científica; 2) Capacitar docentes e atores estratégicos das comunidades escolares; 3) Capacitar uma rede de dinamizadores ACV.pt; 4) Dinamizar tutorias e sensibilizar para a interculturalidade e cidadania; 5) Disseminar o Programa ACV.pt (metodologia e recursos).

Descrição das funções a exercer 

  • Programar um conjunto de atividades socioeducativas de sensibilização para a interculturalidade e cidadania, com o objetivo de contribuir para a integração das crianças migrantes de JI e 1º ciclo e promover o diálogo intercultural na comunidade escolar; 
  • Planear, implementar e avaliar as atividades realizadas junto do público-alvo do projeto;
  • Registar a execução das atividades e garantir as evidências das atividades realizadas;
  • Criar os materiais necessários para a implementação e avaliação das atividades;
  • Favorecer a articulação escola-família-tutores, na perspetiva do envolvimento parental e dos docentes na promoção da interculturalidade e integração dos alunos migrantes na comunidade escolar.

Perfil do/a mediador/a intercultural

  • Formação Académica na área das Ciências Sociais e/ou Humanas, preferencialmente;
  • Domínio na aplicação, em contexto escolar, de metodologias não formais e participativas;
  • Experiência de trabalho com crianças do Jardim de Infância e 1º ciclo (preferencial);
  • Experiência na animação de grupos, nomeadamente crianças dos 3 aos 10 anos;
  • Capacidade de promover o diálogo intercultural através de diferentes estratégias, bem como facilitar a comunicação entre diferentes pessoas e grupos;
  • Conhecimento e experiência de trabalho com crianças na área das Migrações.

Outras competências do/a mediador/a intercultural

  • Capacidade de autonomia na realização do trabalho;
  • Capacidade na gestão e resolução de conflitos;
  • Competência para identificar carências e potencialidades sociais e grupais;
  • Adaptação a diferentes contextos e públicos.

Calendarização 

Início da colaboração a partir de Fevereiro de 2021 e término em Dezembro de 2022.

Valor do contrato

Prestação de serviços com um valor de 20€/hora: previsão de 150 horas de atividades, mais reuniões de equipa e envolvimento parental-escola-tutores.

Realização de aproximadamente 150 atividades socioeducativas, que implica planeamento, implementação e avaliação de cada uma das atividades. Ainda a considerar horas para reuniões de equipa e envolvimento parental-escola-tutores.

Forma de pagamento

O/A mediador/a intercultural selecionado/a assinará um contrato de prestação de serviços com a Fundação Cidade de Lisboa. 

O pagamento do valor do contrato de prestação de serviços será efetuado de acordo com o plano acordado entre a Fundação Cidade de Lisboa e o/a mediador/a intercultural selecionado/a.

Processo de selecção

As candidaturas deverão ser enviadas até ao dia 31 de dezembro de 2020, com o assunto “Mediador/a intercultural para integrar o projeto Academia CV.pt – Boas Práticas”. Os/as candidatos/as deverão enviar o seu curriculum vitae, carta de motivação e duas referências para os seguintes emails: educacao.fcl@gmail.com; joana.deus@renovaramouraria.pt 

Apenas serão contactados/as os/as candidatos/as selecionados/as.

Para mais informações, consulte os nossos Termos de Referência !

NEWSLETTER

Se estás interessado em saber tudo sobre a Academia CV e receber mensualmente as nossas notícias, podes subscrever a nossa newsletter.

Comments on [Dezembro 2020] Procuramos Mediador/a Intercultural para integrar o projeto Academia CV.pt – Boas Práticas

Comments are closed.