recurso_6

DESCRIÇÃO

Desenho para completar – cabeça e tronco humano, sem preenchimento.

COMO FAZER

Descarregar e imprimir o desenho anexo, ou copiá-lo para uma folha de papel.

MATERIAL

· Folha de papel A4 ou A3;
· Marcadores;

COMO TE SENTES?

30 – 45 min*

1 – 4

OBJETIVOS

· Desenvolver a oralidade;
· Estimular a criatividade;
· Desenvolver a expressão emocional;
· Aumentar o vocabulário de expressão pessoal.

MATERIAIS
COMPLEMENTARES

PASSOS

1. Pedir aos participantes para pensarem como se estão a sentir naquele momento;

2. Distribuir uma folha com o desenho incompleto e pedir que cada um complete o desenho de forma a representar como se sente naquele dia. O facilitador também deve completar um desenho;

3. Cada um apresenta o seu desenho e explica o que representa;

4. Durante as apresentações dos desenhos colocar questões, como: Costumas sentir-te assim muitas vezes? O que te faz sentir assim? Como muda o teu estado de humor? O que te faz mais feliz? O que te faz sentir medo? O que te deixa triste? O que foi mais fácil/dificil de desenhar? Gostaste de fazer o desenho?

5. Pedir aos participantes para desenharem e/ou escreverem em redor do desenho o que despoleta aquelas emoções e no final apresentar novamente o seu desenho com estes novos elementos.

* Dependendo do nº de participantes e aprofundamento.

ADIVINHA AS
EMOÇÕES I

45 – 60 min*

1 – 4

OBJETIVOS

· Desenvolver a oralidade;
· Estimular a criatividade;
· Desenvolver a expressão emocional;
· Aumentar o vocabulário de expressão emocional.

MATERIAIS
COMPLEMENTARES

PASSOS

1. Distribuir uma folha com o desenho incompleto e pedir que cada participante complete o desenho de acordo com a sua imaginação. Explicar que podem desenhar a personagem que quiserem sem restrições e podem apresentar também características associadas à profissão ou a uma atividade que a pessoa faz. Dar 10 minutos para o desenho ser o mais completo possível;

2. À vez, cada um apresenta o seu desenho, e os outro têm que dizer quem é e como se sente aquela personagem. Para facilitar, pode colocar questões como: O que fará alguém sentir-se assim? Costumas sentir-te assim muitas vezes? O que pode mudar este estado de humor? O que te faz mais feliz? O que te faz medo? O que te deixa triste? O que foi mais fácil/dificil de desenhar? Gostaste de fazer o desenho?;

3. Pode pedir aos participantes para escreverem, em redor do desenho, a descrição daquela personagem: quem é, o que faz, do que gosta e do que não gosta. No final, todos apresentam o seu desenho, lendo o que escreveram.

* Dependendo do nº de participantes e aprofundamento.

ADIVINHA AS
EMOÇÕES II

45 – 60 min*

1 – 4

OBJETIVOS

· Desenvolver a oralidade;
· Estimular a criatividade;
· Desenvolver a expressão emocional;
· Aumentar o vocabulário de expressão emocional.

MATERIAIS
COMPLEMENTARES

Papéis soltos com emoções.

PASSOS

1. Pedir que cada participante retire aleatoriamente um papel e leia a emoção que lá vem escrita (apoiar os alunos com dificuldade na leitura e/ou interpretação);

2. Distribuir uma folha com o desenho incompleto e pedir que cada um complete o desenho representando a emoção que estava escrita no seu papel. Dar 10 minutos para o desenho ficar o mais completo possível;

3. À vez, cada um mostra o seu desenho, e os outros têm que adivinhar/interpretar qual a emoção que sente aquela personagem. Pode colocar questões como: O que fará alguém sentir-se assim? Quem se costuma sentir assim? O que costuma fazer as pessoas sentirem-se assim?;

4. Pode pedir-se aos participantes para escreverem em redor do desenho o nome da emoção que estava escrita no papel e uma frase que explique porque é que a personagem ficou a sentir-se assim. Para participantes com mais dificuldades ao nível do Português o facilitador pode escrever aquilo que o participante diz. No final, todos apresentam o seu desenho, lendo o que escreveram.

* Dependendo do nº de participantes e aprofundamento.

DICAS / NOTAS

Sempre que se fala de emoções prevenir situações de desconforto, não “puxar” por sentimentos/emoções negativas;

Usar a terceira pessoa, uma personagem ou o “global” para ajudar a falar de emoções diminuindo a exposição pessoal e protegendo o aluno, especialmente ao falar de emoções negativas, exemplo: o que achas/acham que faz as pessoas se sentirem tristes?

Pode usar-se este desenho para explorar personagens de uma história que se leu, por exemplo, no final da leitura de um livro pedir que ilustrem o sentimento da personagem X quando Y aconteceu;