5 exercícios para trabalhar as emoções com as crianças

exercícios para trabalhar as emoções
exercícios para trabalhar as emoções

5 exercícios para trabalhar as emoções com as crianças

Ajudar as crianças que educamos a gerir a suas emoções, é uma das tarefas mais importantes que podemos realizar. Trabalhar as emoções com as crianças é uma parte essencial da sua educação e desenvolvimento. Não só é importante para o exercício da inteligência emocional e das soft skills tão procuradas no mercado de trabalho. É também importante para o bem-estar geral da criança, o seu autoconhecimento, a sua capacidade de regular as suas emoções face a situações de adversidade.

Trabalhar as emoções com jogos pedagógicos

De forma a explorar a temática da melhor forma, defendemos que este trabalho deve ser realizado com recurso a jogos pedagógicos, que permitem trabalhar várias competências em simultâneo (oralidade, leitura, autoconhecimento, emoções…). Numa dinâmica lúdica torna-se também mais fluida a contenção de eventuais emoções menos positivas que possam surgir. Conheça então as 5 propostas de atividades pedagógicas que temos para si.

1- Jogo dos Gostos – Identificar os sentimentos

Este jogo é composto por 3 tabelas com diferentes imagens – brócolos, chocolate, futebol, entre outras. A última página é composta por três emojis para impressão: gosto, gosto mais ou menos, não gosto. 

Peça aos alunos para colocarem os emojis ao lado das diferentes imagens, identificando o que gostam e não gostam. Aproveite também para trabalhar a expressão em língua portuguesa, pedindo-lhes que verbalizem a imagem e o sentimento associado à mesma.

2- Os carteiros do mundo – Transmitir as emoções

Este é um exercício para trabalhar a transmissão das emoções através da expressão plástica e da escrita.

Descarregue e imprima o postal que preparámos para si. Peça à criança para pensar numa pessoa a quem gostaria de enviar um postal, eventualmente por ocasião de uma festividade em particular. Peça à criança para desenhar a parte da frente do postal e para escrever o seu texto na parte de trás. 

Termine a sessão conversando com a criança sobre o decorrer da atividade e como se sentiu ao realizá-la.

3- Emoções e Expressões – conhecer as diferentes emoções

exercícios para trabalhar as emoções

Este exercício pode ser encarado como um simples exercício para aprender o nome das emoções em português, mas é também uma excelente prática de reflexão da criança sobre si mesma.

Imprima a folha com as diferentes emoções (aceda ao link no botão abaixo), e peça à criança para identificar quais os diferentes sentimentos representados. Em seguida, peça que escolham qual as emoções que mais gostam e as que menos gostam, justificando o porquê.

Pode ainda complementar esta atividade, pedindo às crianças alguns exemplos de situações onde já experienciaram as emoções identificadas.

4- Como te sentes – trabalhar as emoções

Com a base gráfica que preparámos para si (disponível para download e impressão no botão abaixo), peça aos alunos para desenhar como se sentem naquele momento. Explorem depois verbalmente qual a emoção representada, através de diferentes perguntas: O que te faz sentir assim? O que te faz sentir mais feliz e mais triste? O que poderia mudar o teu humor?

Pode ainda pedir aos seus alunos que acrescentem ao seu desenho quais os elementos que mais influenciam o seu humor.

Também poderá utilizar a aplicação de outras variantes deste mesmo jogo em grupo – uma das crianças desenha uma emoção e as restantes crianças têm de adivinhar qual a emoção representada. Clique no botão para ver mais possibilidades de utilizar este recurso!

5- O alvo das emoções – um recurso pedagógico versátil

exercícios para trabalhar as emoções

O alvo das emoções é um jogo que pode ser adaptado a diferentes temáticas e situações. Composto por um alvo e emojis representativos de diferentes emoções, está disponível gratuitamente para download no botão abaixo. Utilizando estes materiais, pergunte à criança como se sente relativamente a uma determinada temática que pretenda abordar, por exemplo, o confinamento. Peça depois à criança que coloque a emoção correspondente no alvo das emoções, representando assim a intensidade da mesma. Este é também um recurso muito interessante para trabalhar estas questões em grupo.

Gostou das nossas sugestões? Veja mais recursos pedagógicos!