Formação de voluntariado para tutoria com crianças imigrantes

Formação de voluntariado para tutoria com crianças imigrantes
Formação de voluntariado para tutoria com crianças imigrantes

Formação de voluntariado para tutoria com crianças imigrantes

Já iniciámos a formação de voluntariado do projeto Academia CV.pt! Este grupo de mais de 80 pessoas realizará sessões de tutoria com crianças imigrantes em vários agrupamentos de escolas de Lisboa! Saiba tudo aqui!

Um novo grupo para dinamizar a tutoria com crianças imigrantes no ano letivo 2022/2023

Este ano, a equipa de voluntários irá realizar a tutoria com crianças imigrantes nos seguintes agrupamento de escolas:

  • Agrupamento de Escolas Patrício Prazeres
  • Agrupamento de Escolas Gil Vicente
  • Agrupamento de Escolas Manuel da Maia
  • Agrupamento de Escolas Marquesa de Alorna (Rede Escolas Academia CV.pt)

A equipa de voluntariado tem entre 18 e 65 anos com realidades diversas: estudantes (sobretudo na área da educação), que gostariam de ter uma experiência com crianças no terreno para desenvolvimento das suas competências, pessoas em situação de desemprego ou pausa profissional com disponibilidade e trabalhadores que sentem a necessidade de contribuir para a sua comunidade. Tod@s partilham a vontade de ajudar as crianças!

As sessões de formação da equipa de tutoria – a 1ª sessão

A primeira sessão de formação decorreu no dia 29 de outubro em formato presencial no espaço da Fundação Cidade de Lisboa. Estes foram os temas abordados:

  • Refletir sobre o papel do voluntariado
  • Identificar o perfil e as funções de tutores/as
  • Conhecimento dos pilares de intervenção do projeto
  • Apresentação do instrumento plano de sessão

Um dos pontos altos desta sessão foi a atividade sobre o conceito de voluntariado. A subjetividade do conceito de voluntariado traduz-se nas diferentes definições que é possível elaborar. É necessário perceber que para cada pessoa existem aspetos que são mais importantes do que outros e que estes aspetos podem estar relacionados com as motivações que levam as pessoas a desenvolver ações de voluntariado ou, com aquilo que cada um de nós pensa (representação social) que o voluntariado deve ser. Assim, não há definições boas ou más, corretas ou incorretas. Há obviamente, tendências que diferentes organizações seguem, ou seja, cada organização que desenvolve programas e ações de voluntariado possui o seu próprio entendimento daquilo que é, ou que deve ser, o voluntariado, sendo importante que cada formando, aquando da sua integração (ou preferencialmente antes) compreenda a definição da organização onde pensa integrar-se. Por tudo o anterior é necessário refletir o que é o voluntariado para cada um de nós!

Gostaria de saber mais sobre esta formação e de como abordamos as temáticas da sessão? Veja aqui este artigo!

As sessões de formação da equipa de tutoria – a 2ª sessão

Na segunda sessão de formação, que decorreu em formato online no dia 3 de novembro, abordámos as seguintes temáticas:

  • Plano de sessão (desafios e estratégias) 
  • Instrumentos de suporte a tutoria 
  • Envolvimento docentes
  • Envolvimento familiar

Entre os momentos altos da formação (e uma inovação relativamente às formações anteriores, resultantes do momento de reflexão conjunta da equipa), foi a abordagem dos desafios e estratégias dos planos de sessão. Entre os principais desafios encontrados pela equipa de tutoria está a falta de domínio da língua portuguesa das crianças. Assim, explorámos 3 planos de sessão: um plano para a 1ª sessão de tutoria, outro plano para uma criança que tem um domínio intermédio da língua portuguesa, e outro para uma criança que não domina a língua portuguesa.

Gostaria de saber mais sobre a nossa abordagem às restantes temáticas? Veja este artigo!

Tutoria com crianças imigrantes: uma das componentes mais importantes da metodologia Academia CV.pt

A metodologia Academia CV.pt é composta por diversas atividades que visam promover a integração das crianças imigrantes na escola, assim como o seu sucesso escolar. As escolas enfrentam desafios que dificultam o estabelecimento de soluções que permitam a estas crianças estar em igualdade de oportunidade com os restantes elementos da turma.

Propomos por isso uma metodologia baseada na ação de ONG’s que trabalhem estas temáticas, em conjunto com as escolas e um grupo de pessoas disponíveis para o acompanhamento voluntário destas crianças, num exercício de cidadania ativa.

A metodologia prevê: 

  • a criação e formação certificada de um grupo para a tutoria com crianças imigrantes, assim como o acompanhamento regular da equipa de tutoria ao longo do ano letivo;
  • a realização de oficinas para a interculturalidade (é importante que toda a comunidade escolar esteja sensibilizada para a riqueza da diversidade cultural. 

Estas formações facilitam a integração das crianças imigrantes na comunidade);

  • o envolvimento parental das pessoas responsáveis pelas crianças imigrantes, promovendo assim o seu sucesso escolar;
  • A criação de recursos pedagógicos facilitadores das sessões de tutoria

Se quer saber mais sobre a metodologia Academia CV.pt e os seus impactos em meio escolar, vejo aqui o caso de boas práticas do Agrupamento de Escolas Patrício Prazeres!

NEWSLETTER

Se estás interessado em saber tudo sobre a Academia CV e receber mensualmente as nossas notícias, podes subscrever a nossa newsletter.